Como ensinar um aluno a estudar?

Aluno estudando em educacaoaovivo por Mr Edda

Quero inovação!

Todos os conteúdos disciplinares se integram.
Nosso mundo é multidisciplinar.
Alguns dizem que tudo é matemática. A disciplina tão temida pela maioria dos alunos.
Talvez por que, como dizem alguns “professores artistas de rua”, daqueles que vendem DVD, há outros interesses por traz de tornar a matemática tão complicada.
Ok, o “professor de rua” pode estar certo, mas, e se começássemos a mostrar para os nossos jovens aprendizes, que não são como uma página em branco onde não só a matemática, mas todas as disciplinas podem ser aplicadas no mundo real. Então, como ensinar um aluno a estudar?
Na programação de computadores por exemplo, temos exemplos infinitos, que podem tornar nossos pequenos ou não tão pequenos assim mais interessados.
Para os menores, jogos educativos, de forma que possam aprender brincando e para os jovens, já inseridos no mundo das funções, matrizes e plano cartesiano, onde isto pode ser aplicado e encontrado no nosso universo.
Funções do 2º segundo grau por exemplo, podem ser amplamente referenciadas, diria até diretamente a funções computacionais, em linguagens de programação na programação de sistemas. Quanto às matrizes, caso você não saiba, quando está admirando uma fotografia ou imagem digital está olhando pra uma, pois pixels, são nada mais nada menos que valores numéricos, organizados como uma matriz para formar a imagem. E o plano cartesiano? Que tal mesclar matemática com geografia e tentar demonstrar como o Google, pontua seus marcos em sua plataforma Maps?
Deixando a matemática de lado, mas, não tão de lado assim pois, como mencionado, os conteúdos se integram, falemos um pouco de física, Alguém ai que se propõe a lecionar já mostrou para seus alunos que uma antena côncava ou convexa tem estrutura similar a uma antena parabólica? Espero que sim, pois já é a segunda vez que esta questão é levantada no educaraovivo.

E a física encontrada nos video games, alguém já tentou lecionar demonstrando um pouco de como é simulada? E quanto a utilização do meio, no caso da transmissão de radio frequência.

Agora mais uma disciplina vista como chata, enfadonha e difícil. A tal da química. Por que não mostrar que, através da química, é que são desenvolvidas drogas, problema tão latente na nossa sociedade atualmente!? Será que vale a pena? Ou devemos blindar nossas crianças em relação aos problemas cotidianos?
Pensem bem caros pais e educadores, pois temos recursos. Didáticos, tecnológicos e até humanos. Já está passando da hora, de utilizarmos, de forma inteligente para que num futuro bem próximo, talvez tenhamos, uma sociedade melhor.
Com pessoas mais esclarecidas, mais engajadas no mundo em que vivem, menos manipuláveis e dispostas, sempre dispostas a fazer algo para o bem comum.

Pense nisto.

Deixe uma resposta