Precisamos de uma educação financeira nas escolas?

Precisamos de uma educação financeira nas escolas?

O que é ensinado atualmente nas escolas sobre finanças? É normal vir à cabeça a Matemática financeira. Dentro do conteúdo programático, é falado em conceito de capital, juros simples e compostos. São explicadas e passadas algumas fórmulas para os cálculos de tais juros e conceitos relativos a eles. Quando muito: há o envolvimento do fluxo de caixa. São conceitos importantíssimos para noções iniciais do elo entre Matemática e finanças. Mas seria o suficiente para o estudante aprender a lidar bem com o dinheiro? Aí é que entra a educação financeira.

 

Ativos e passivos: conceitos essenciais para a Educação financeira

 

Educação financeira nas escolasA realidade de muitos brasileiros ainda é a de grandes dificuldades ao manusear dinheiro. E também ficarem presos a situações de endividamento ou comprometimento da renda integral ou próximo disso como resultado. Mas por que tantos ainda entram nessas armadilhas? A falta de educação financeira é uma resposta.
Quantas vezes nos deparamos com o seguinte quadro: quando finalmente a pessoa recebe o seu primeiro salário, reverte todo em compras. Dele saem presentes, para si e conhecidos, melhorias na moradia, entre outros. O que em si não pode-se dizer que é um erro. É interessante sim que tenhamos conforto e saibamos aproveitar o dinheiro também. Mas quantos desses gastos trarão um retorno financeiro direto? Podemos tratar então dos ativos e passivos financeiros.

Um ativo financeiro, de forma extremamente resumido, gera uma fonte de renda. Enquanto os passivos se caracterizam por trazer mais despesas. Um exemplo bem simples é um carro. Pode sim trazer uma melhoria na qualidade de vida, mas ainda configura um passivo já que com ele adquire-se despesas com combustível, manutenção, entre outros. Fora que com o passar do tempo, em geral ocorre uma desvalorização do modelo adquirido.

A educação financeira é essencial para evitar o comprometimento da renda em forma de dívidas.

O brasileiro a maior parte das vezes opta por gastos com passivos que superam (e muito) com ativos. Considera o salário como basicamente sua única fonte de renda e o que ganha, como valor disponível para gastar. Esse é um exemplo de tema concernente a educação financeira que pode facilmente ser abordado em sala de aula. Outros mais podem ser conciliados no ambiente escolar.

 

Educação financeira nas escolas

 

Uma maior conscientização financeira desde cedo pode evitar muitas contrariedades futuras com o dinheiro.Muitas vezes é instruído aos jovens que busquem na formação acadêmica o caminho para a estabilidade. E isso é muito importante! Dedicação aos estudos é o maior investimento que podemos fazer, afinal. Pois tudo o que fazemos com maior conhecimento e consciência, é realizado com maior eficiência. Porém, é interessante nos questionarmos também se o modelo atual já configura todo o conteúdo para formar esse cidadão bem sucedido que esperamos. E não no quesito exclusivamente financeiro! Mas reconhecendo que o dinheiro permeia uma parcela muito significativa em nossas vidas e que a má gestão dele tem grande influência nos demais âmbitos delas. Mesmo o acadêmico em si. Quem não conhece ao menos um caso, por exemplo, de um estudante que deixou a faculdade por questões financeiras?

Uma conscientização financeira desde cedo pode evitar grandes contrariedades futuras com o dinheiro

Seguindo o modelo atual, o retorno muitas vezes é de que o aluno não compreende o porquê afinal de aprender tantas matérias com que não tem afinidade sejam tão importantes para seu futuro. Demonstrar para ele como um maior conhecimento financeiro pode trazer um maior retorno nesse quesito que permeia tanto a sua realidade pode ser um elo muito importante para essa aproximação. Enquanto estudantes, podem se preparar melhor para uma vida adulta com muito maior estabilidade. O que não vemos muito atualmente para o brasileiro em geral. Pela educação financeira, ele conhece e pode investir nessa possibilidade.

 

Deixe uma resposta