Shorts na escola é correto proibir ou correto liberar?

A questão de se o uso de shorts na escola é correto proibir ou correto liberar, é com certeza um dos desafios imensos para os educadores da atualidade e que tem gerado enorme protestos de modo especial nas estudantes, que segundo uma reportagem veiculada recentemente pelo portal G1 fizeram um protesto contra a proibição desta vestimenta gerando assim uma série de protestos, fatos como estes veem de encontro a pergunta: Será que proibir uso de shorts na escola é a única opção?

Shorts na escola é correto proibir ou correto liberar

Outra questão, que tem se mostrado como uma questão muito polêmica principalmente e de modo especial no uso de vestimentas de alunas e alunos de escolas de ensino médio e ensino fundamental 2(do 5º ao 9º ano) que é quando as meninas costumam a usar shorts mais curtos o que obriga a escola a tomar medidas de proibição. Mas será que proibir o uso de short é a única opção?

Pois de fato, deve se educar não somente as meninas mas também os meninos de modo especial que estão nesta faixa etária que abrange o fundamental 2(do 5º ao 9º ano) e do ensino médio sobre como devem se vestir adequadamente mas será que proibir o uso de shots é a única opção? Não existira alguma forma a conscientizar estes adolescentes e pré-adolescentes para usarem roupas mais moderadas, como por exemplo, trocar os shorts curtos por shorts longos?

Shorts na escola é correto proibir ou correto liberar?

O que serve nos dias de hoje?Liberar ou proibir shorts na escola?

Falando um pouco sobre a cultura dos shorts?

Quando o educador, busca por responder a pergunta: será que proibir o uso de shorts curtos é a única opção? É importante ressaltar que a cultura atual em que vive o Brasil é uma cultura de mudanças, pois até bem pouco tempo atrás se vivia em uma sociedade machista onde a mulher não podia ter grandes papéis.

Isso gerou uma moral em que a mulher não poderia utilizar de shorts ou roupas curtas, trazendo assim um paradigma para a sociedade e para todos os educadores de maneira geral, porém com as mudanças do tempo atual como a liberação feminina, mudanças na sociedade este que era um padrão comportamental desta época acabou virando um grande preconceito da sociedade moderna atual.

Shorts na escola é correto proibir ou correto liberar?

Por que usar roupas adequadas?

Olhando o outro lado da moeda?

Olhando com mais cautela, está questão onde temos o outro lado a se considerar ao responder a pergunta: será que proibir uso de shorts curtos é a única opção? Podemos ver que existem muitas empresas que rejeitam candidatos e candidatas a uma vaga de trabalho, que não se apresentem de forma adequada isto inclui também na questão do uso de shorts também, por isso é preciso criar uma consciência nos adolescentes sobre a importância de se usar vestimenta adequada para o momento.

Um outro fator, que também deve ser levado em consideração de modo especial na questão do processo de ensino-aprendizagem, que pode ser sériamente comprometido com o uso de roupas inadequadas, como por exemplo o shorts trazendo prejuízos irreversíveis no processo de aprendizagem dos alunos, gerando problemas para se qualificar.

Shorts na escola é correto proibir ou correto liberar?

Proibir ou ensinar?O que é melhor?

Mas o que é melhor proibir ou ensinar?

Quando se busca por responder a pergunta: será que proibir o uso de shorts é a única opção? A grande questão, que tem que ser o epicentro do debate é: será que proibir educa? Não seria mais eficiente mostrar a estes adolescentes opções de vestimentas mais discretas motivando-os ao invés de simplesmente proibir, com ações como por exemplo, organizar ações educativas nas escolas, como desfiles com roupas clássicas(terno, gravata, vestidos longos entre outros), entre os meninos e meninas e ver qual é a reação deles.

Outra opção, que também pode ser bastante últil para aqueles que desejam por responder a pergunta: será que proibir o uso de shorts seria a única opção? Outra opção, seria fazer com que os alunos fizessem pesquisas sobre a moda isto de forma multidisciplinar, onde se teria o uso de diversos conhecimentos como geografia, história, línguas entre outras , assim o aluno ao mesmo tempo aprenderia a dar valor a questão de vestimentas corretas e faria um aprofundamento nas disciplinas da escola.

Shorts na escola é correto proibir ou correto liberar?

O que existe entre ensinar e proibir?

Concluindo

Para concluir, pode se dizer que existem muitas respostas que nutrem o debate em questão sobre se será que proibir o uso de shorts seria a única opção? Existem muitas iniciativas sobre este assunto, inclusive são aplicadas no dia a dia mas para encerrar de uma forma transversal podemos encerrar com a pergunta o que é melhor educar ou proibir? Pense analise e reflita.

Comente!!!!

1 comment for “Shorts na escola é correto proibir ou correto liberar?

  1. Março 6, 2017 at 6:06 pm

    Nao estamos em uma área de trabalho ou entrevista de emprego, estamos na escola, um local no qual ficamos sentados por 5h com calças normalmente apertadas e incomodas, passando calor simplesmente por não podermos usar shorts, o ambiente escolar deveria ser feito para você assistir as aulas de forma confortável e se sentir confortável como você está, vivemos em um país tropical, não dá para usar calça nesse calor de RJ 40° e o permitido são shorts na altura do joelho, só que, me diga que garota se sente confortável assim? E que garota usa shorts assim normalmente no dia a dia? E olhando em base na moda dos últimos anos, os meninos podem vestir o shorts que foram feitos para eles e a escola quer que nós garotas usemos shorts iguais aos deles sendo que praticamente nenhuma menina tem um short assim, não é por querer mostrar o rabo, por querer ser puta, por querer se achar, é simplesmente porque é o que usamos, é o que nos sentimentos bem usando, ambiente de estudo é confortável apenas para os meninos que usam as roupas que eles já usam normalmente, enquanto nós meninas somos obrigadas a usar o que não queremos, o que não gostamos e o que não nos sentimentos bem usando. E para o que?

Deixe uma resposta